Skip to main content

Modelo pré-clínico de cultura organo-típica para perfilamento fármaco-dinâmico de tumores humanos

Resumo

 

A previsão da reação a medicamentos em pacientes de câncer permanece sendo um grande desafio na prática clínica. Nós aperfeiçoamos um método de cultura ex vivo, reproduzível, rápido e personalizado para investigar propriedades farmacológicas anti-tumorais que preservam o microambiente do câncer original. A reação a inibidores de transdução de sinal é determinada não apenas por propriedades do alvo do medicamento mas também por mutações em outras moléculas sinalizadoras e o microambiente do tumor. Como prova do conceito, nós, portanto, focamos na via de sinalização PI3K/Akt, porque esta exerce um papel proeminente no câncer e sua atividade é afetada por interações epitelial-estromal. Nossos resultados mostram que este modelo de cultura preserva a arquitetura 3D do tecido, viabilidade celular, atividade da via e perfis de gene-expressão global até 5 dias ex vivo. Em adição, mostramos a modulação da via em células do tumor resultantes da intervenção farmacológica em cultura ex vivo. Esta tecnologia pode ter um impacto significante na seleção de pacientes para testes clínicos e na previsão da reação à terapia inibidora de moléculas pequenas. Clique para ler o relatório completo.